[Valid RSS] [Valid RSS] [Valid RSS] Labirintos e Fascínios: Deixe que a fonte da felicidade flua de você.

20 de abril de 2016

Deixe que a fonte da felicidade flua de você.

Sente-se sob uma árvore, se esqueça do mundo e se entregue ao amor por si mesmo pela primeira vez.

A busca espiritual é de fato a busca do amor do seu próprio eu. O mundo é uma viagem para encontrar o amor dos outros, mas a espiritualidade é uma viagem para encontrar o amor por si próprio.

A espiritualidade é uma busca egoísta, uma tentativa de encontrar o significado do eu, do prazer consigo mesmo. Quando essa descoberta começa a acontecer, espere um pouco, procure um pouco - sinta sua singularidade e o prazer de sua própria existência. "O que eu poderia ter feito se não tivesse nascido? Como eu poderia ter me queixado e para quem, se não estivesse aqui?"

Você está nesta existência! Mesmo este fato, mesmo esta consciência, a percepção de que "eu sou", mesmo a possibilidade de chegar perto do êxtase - regozije-se um pouco com tudo isso. Permita que o sabor de tudo isso penetre em cada um de seus poros e que você seja arrastado pela emoção de tudo isso.

Se você tiver vontade, dance, ria ou cante. Lembre-se de que você deve continuar sendo o centro de tudo isso: deixe que a fonte da felicidade flua de você.

Osho, em "Uma Farmácia para a Alma"
Imagem por e³°°°