[Valid RSS] [Valid RSS] [Valid RSS] Labirintos e Fascínios: Abril 2013

30 de abril de 2013

Rabiscos aleatórios


A autocrítica e a severidade para consigo mesmo funcionam como uma ferramenta para extrairmos de nós mesmos todo o potencial possível. A tensão interna precisa estar sempre no limiar entre a potência extrema e a autodestruição. Os espíritos apenas crescem sob tensão, quando são forçados a isso – fazer de seu próprio espírito um campo de batalha é o caminho para o desenvolvimento de sua potência plena.
De certo não se trata do modo mais confortável de se viver, mas desde quando paz e conforto significam felicidade?
Cada um tem sua felicidade onde a encontra, e isso, para alguns, significa uma constante guerra interna na busca da auto-superação. A tensão, a inquietação, a angústia, o sofrimento são trampolins para nosso crescimento interior, são grandes molas propulsoras da potência humana:

"increscunt animi, virescit volnere virtus"
(Os espíritos crescem e a virtude floresce, à medida que são feridos).

André Cancian



18 de abril de 2013

Fizeram a gente acreditar...



Hoje é o momento ideal para falar de sacanagem. Mas nada de ménage à trois, sexo selvagem e práticas perversas, sinto muito. Pretendo, sim, é falar das sacanagens que fizeram com a gente.
Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor para valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. Não nos contaram que amor não é acionado nem chega com hora marcada. Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade.
Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia, é só mais agradável.
Fizeram a gente acreditar numa fórmula chamada “dois em um”, duas pessoas  pensando igual, agindo igual, que isso era que funcionava.
Não nos contaram que isso tem nome: anulação. Que só sendo indivíduos com personalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável. Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório
Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são caretas, que os que transam muito não são confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto.
Só não disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto.
Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade.
Não nos contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que podemos tentar outras alternativas.
Ah, nem contaram que ninguém vai contar. Cada um vai ter que descobrir sozinho. E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz se apaixonar por alguém.

Martha Medeiros


16 de abril de 2013

Evite a filosofia e mergulhe na poesia...



Lembre-se sempre que, se o mistério de sua vida continuar a se aprofundar,
então você estará na trilha certa.
Se começa sentindo que não há nenhum mistério na vida e você se torna instruído,
está no caminho errado.
Evite a filosofia e dê um grande mergulho na poesia. Seja tanto quanto possível um poeta
 - porque o místico é o crescimento do poeta.
O poeta está a caminho de ser um místico, e só um poeta pode ser um místico.

(Osho, em "A Revolução: Conversas Sobre Kabir")


Aprendi que meninas boazinhas colecionavam elogios e presentes.
Eu colecionava bolinhas de gude e cicatrizes.
Hoje, enquanto algumas esperam viver um conto de fadas
Eu já beijei príncipe que virou sapo, construí castelos para morar sozinha,
despedi a fada madrinha, escolhi viver com o "lobo",
ouvi várias histórias mas resolvi escrever a minha.
(Renata Fagundes )

Há três métodos para ganhar sabedoria: primeiro, por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação, que é o mais fácil; e terceiro, por experiência, que é o mais amargo.
(Confúcio)