[Valid RSS] [Valid RSS] [Valid RSS] Labirintos e Fascínios: A alegria de existir...

28 de fevereiro de 2012

A alegria de existir...



Amo tão profundamente a vida
que esta mesma vida me dá como que o prémio de continuar vivendo
 em alegria e em comunicação com o UNIVERSO.
É esta comunhão que me sustenta
na embriagada contemplação do quotidiano cósmico!


Por toda a parte sinais de vida,
de luz, de música, de movimentos, de gestos,
sendo indiferentes aos que sonharam e jamais puderam participar 
desta natural e inesquecível alegria de existir!...
E é nestes instantes mais vivos que me dói a vida.
Uma grande emoção se apodera de mim.


Contemplando o céu, vendo bem as estrelas,
impõe-se imperativamente o AMOR,
tão desamparados estamos no Universo.
Só a fraternidade nos pode salvar da SOLIDÃO DA VIDA.

(A. de Gusmão)